segunda-feira, 11 de abril de 2011

O ASSASSINO É TÃO VÍTIMA QUANTO AS CRIANÇAS?


No dia 07 de abril um atirador entrou numa escola do Rio de Janeiro e disparou tiros contra estudantes, dentro das salas de aula, tendo matado alguns e ferido outros.

Segundo informações, o atirador era ex-aluno da escola, muito quieto e não costumava mexer com ninguém. Outros dados importantes também foram levantados sobre o atirador: quando aluno da escola era alvo constante de provocações, apelidos, xingamentos e até agressões por parte dos estudantes (o chamado bullying); fora jogado, por colegas de classe, dentro de um camburão de lixo e outra vez fora obrigado por eles a enfiar a cabeça no vaso sanitário e, em seguida, puxar a descarga; ficou órfão muito cedo; a mãe biológica sofria de esquizofrenia e a mãe adotiva havia morrido; possuía cinco irmãos adotivos e pouco contato com eles; passou por várias escolas, instituições e exerceu alguns trabalhos; não tendo sido, em nenhum dos lugares, encaminhado a profissionais que o pudessem ajudar, apesar de todos perceberem o distúrbio de comportamento por ele apresentado.

Para as escolas, fica uma questão muito séria a ser debatida: O bullying!

As escolas têm sido palco de atos de extrema violência entre os alunos, competições e, principalmente, de intolerância ao que é diferente. Precisamos entender que as escolas não podem ser omissas e deixar de discutir temas como: violência, drogas, bullying, preconceito, etc.

A humanização do processo educativo contribuiria significativamente para revertermos a tendência à violência nas escolas.

DIGA NÃO AO BULLYING! RESPEITE A DIGNIDADE DAS PESSOAS!

12 comentários:

  1. Muito boa a apresentação, mas com uma observação: NADA DISSO JUSTIFICA O MASSACRE! Mas, é mais do que hora de as escolas começarem a chamarem para si a responsabilidade sobre parte da violência que acontece dentro de seus muros. Lembro-me que ano passado inteiro, minha mãe que é responsável por uma estudante de 13 anos foi chamada apenas a 01 reunião na Escola Agostinho Monteiro. Que é isso? Como pode a escola passar 365 dias e apenas uma reunião com os pais? A reunião desse único dia representa apenas 0,27% de atenção dada aos pais e responsáveis. É necessário mudar esse quadro. Uma outra observação é no que concerne às atividades da Escola: vôlei, teatro, oficinas e não chega nenhum documento informando os pais sobre as atividades dos filhos e, assim, têm que acreditar no que os filhos falam. Muitos será que vão para a Escola ou ficam gazetando aula na Praça da Bíblia? É uma pergunta interessante. Venho acompanhando a SEDUC há alguns anos e poucas coisas tem sido feitas para melhorar a estrutura de atendimento. Algumas sugestões: Diário de Classe On Line, assim o pai poderia acompanhar a freqo uência do filho em cada dia e aí ser mais efetivo em sua cobrança. Por que cada escola estadual possui uma farda diferente, poderiam unificá-las como era antes, assim policiais militares e outros agentes públicos poderiam identificar o aluno da rede pública e observar seus comportamentos. Com uma salada de fardas não dá, muitas até imitam as da rede privada. Por que as reuniões não podem ser mensais e com membros da comunidade: Igreja, Centro Comunitário, Policiais etc. Pensem nisso! Mas, aqui fica o registro do interessante espaço de debate dessa escola sobre o buling que é desprezível.

    ResponderExcluir
  2. Fico refletindo sobre esse caso do Rio de Janeiro: custava ter vigilante na Escola? Como era escola municipal, deveria ou não possuir Guarda Municipal na escola? É lógico que agora que aconteceu ninguém é responsável por nada e as famílias que engulam seu choro. É necessário mudar essa filosofia de que escola é um local intocável, muito pelo contrário é um dos locais mais vulneráveis e, por isso mesmo, precisa ser PROTEGIDA pelos agentes da LEI e da ORDEM pois somente assim diretores, técnicos, professores, alunos e comunidade em geral poderão se sentir confortáveis para produzir conhecimento.

    ResponderExcluir
  3. Olá amigos !

    Meu nome é Marcos Smania, sou estudante de jornalismo e participo de um projeto de pesquisa científica.

    Faço um estudo sobre o uso de blogs na escola, estou visitando outras paginas para ver alguns exemplos e manter contato com pessoas que estejam desenvolvendo um trabalho semelhante.

    O blog está de parabéns e fica o convite para visitar a nossa pagina! Ate mais =]

    Marcos Smania

    ResponderExcluir
  4. Não a violencia escolar!!

    ResponderExcluir
  5. hudsom junior 7serie25 de agosto de 2011 15:28

    esse e um doido e maluco ele merese a sentensa de mote e ele merese semtir oq o menino levou.tem q coloca ele na ponta do mastro esse viiiiiiiaaaaaaaddddoooooo.

    ResponderExcluir
  6. CRYSLE SANTOS CAMPOS 70125 de agosto de 2011 15:28

    ESSE CRIMINOSO QUE TIROU AS VIDAS DAS CRIANÇAS QUE AGORA SÓ E TRISTEZA PARA OS FAMILIA QUE AGORA SÓ E VASIO NOS PAIS DOS ALUNOS MORTOS DE UMA MANEIRA MUITO TRAGICA ...

    ALUNA;CRYSLE SANTOS CAMPOS.
    ESCOLA;AGOSTINHO MONTEIRO.

    ResponderExcluir
  7. thais pereira 701 da tarde25 de agosto de 2011 15:31

    vamos parar com a viloência na escola .tem muitas noticias de violência vamos parar por ai

    ResponderExcluir
  8. thais pereira 701 da tarde25 de agosto de 2011 15:31

    vamos parar com a viloência na escola .tem muitas noticias de violência vamos parar por ai

    ResponderExcluir
  9. leticia da paixao 701 tarde25 de agosto de 2011 15:42

    O blog está de parabéns e=]ESSE CRIMINOSO QUE TIROU AS VIDAS DAS CRIANÇAS QUE AGORA SÓ E TRISTEZA PARA OS FAMILIA Não a violencia escolar!!

    ResponderExcluir
  10. liliane nunes braga 70125 de agosto de 2011 15:45

    esse imundo ele merese pena de morte por ele ter tirado a vida dessas crianças

    ResponderExcluir
  11. Nada disso justifica o que eli fez eli merecia morrer mesmo.
    igor lucas soares da silva. Nº42 701

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir